Quanto Custa um Carro de Verdade?

carro - cadacentavocontaO brasileiro, por muito tempo, se acostumou com uma inflação que batia 700% por ano o que elevava os preços de mercadorias de forma constante e assustadora (preços eram remarcados varias vezes durante o período de um mês). Somente após o Pano Real, lançado em 1994, a inflação foi melhor controlada e a percepção do brasileiro sobre a economia começou a mudar. Sendo a razoável estabilização da economia no Brasil um fenômeno recente, até hoje achamos que comprar um carro é preservar o valor do seu dinheiro ou mesmo investir.
É um grande erro pensar assim.

 

Centro de Custos

Um carro, na verdade, é um centro de custos. Começando pela própria depreciação e passando por despesas diversas como manutenção (preventiva e reativa), impostos, combustível, seguro e juros de um financiamento caso tenha adquirido o carro a prazo. Definitivamente isto não é um investimento.

 

Custo Total de Propriedade

Esta é uma ideia útil que muitos profissionais de grandes empresas usam. Significa que possuir um bem tem um custo. Quem possui um animal de estimação precisa gastar com alimentação, vacinação, banho, tosa etc, então quem quer manter um animal saudável em casa assume um custo total de propriedade de no mínimo R$ 1000,00 por ano. O mesmo é válido para um apartamento, computadores, televisão e carros.
Pensando em como o brasileiro se relaciona com um bem tão caro, resolvi trazer a discussão para o blog CCC descrevendo em detalhes o custo total de propriedade em 2013, de um carro bem parecido com que eu comprei em 2009. Vamos ver abaixo as informações dos custos numa planilha para melhor visualização.

 

carro - cada centavo conta

 

carro - cada centavo conta depreciação
Veja que os gastos passam de 7.000,00 reais em um ano e o exemplo acima é de um carro razoavelmente simples (veja figura com a tabela fipe) com média de quilometragem de 10.000km por ano no seu 4º ano de uso em 2013. Aos que querem um carro muito mais sofisticado, fica o aviso.
depreciação do carro no tempo

Veja a depreciação do carro no tempo.

 

É importante observar que, sendo a desvalorização do carro uma porcentagem do valor atual, quanto mais antigo é o veículo menor é sua depreciação. Portanto quem tira um carro novo da concessionária terá uma perda muito maior daquele comprador de um carro de segunda mão, como visto no gráfico acima.
custo carro

Tabela Fipe com o valor do carro

 

Comprometendo o Orçamento Familiar

Os especialistas em finanças dizem que ninguém deve possuir um carro cujos gastos ultrapassem os 30% da renda mensal líquida familiar. Assim quem ganha 5.000 reais líquidos por mês não deve comprar um carro cujo custo total de propriedade seja acima dos 1500 reais por mês. Quem compromete um valor maior, corre o sério risco de perder o bem e ficar inadimplente. Eu, particularmente, ainda acho 30% um valor muito elevado mesmo sendo um teto de gastos; para mim, qualquer coisa maior que 15% já não valeria a pena a não ser em casos especiais como, por exemplo, um vendedor externo que necessita do carro para o trabalho para visitar clientes. Vejo o carro como um transporte secundário, que infelizmente é muito usado devido as péssimas políticas públicas que miram somente o lucro das montadoras de carros e a dos próprios políticos e não a saúde e qualidade de vida do cidadão. Tem culpa também o próprio motorista que não abre os olhos para alternativas como a bicicleta .

 

No blog Valores Reais, um post chamado “As duas melhores dicas de finanças que já recebi” fala sobre o custo de um carro e é apenas mais um exemplo mostrando como um carro é um passivo que nos empobrece e por isso devemos escolher com muita calma sem se sentir pressionado pela mídia e a sociedade.
Texto baseado na matéria de mesmo nome pela revista Cálculo da editora Segmento edição 2 – ano 1 – mar/2011
Para saber mais
http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/carros/noticias/os-20-carros-que-perderam-mais-valor-depois-de-um-ano-de-uso

Crédito da figura: www.freedigitalphotos.net

Desenvolvido por DT Author Box

escrito por Fred

Fred

Sou profissional de informática com mais de 10 anos de experiência na área e tenho grande interesse em educação financeira e investimentos. Sou também criador do blog Cada Centavo Conta sobre educação financeira e oportunidades na Internet. Tenho como Hobbies a leitura de histórias em quadrinhos e ficção científica.

Share